sábado, 12 de junho de 2010

LIII - Espelho





































































































Assim


FAZIAM





os gregos

e os japoneses




(nas bahias de) e todos os sa n t o s




FAZIAM






FAZ ENDO







ro(s)(d/o)en/tr/do







seja como for...






Aqui
!
escutem-me, filhas de Zeus







((...) o magnífico!)










"Delphona,







Delphona

Delphona
!








Delphona..."














o
habit

adodes ab

itado-cheio


do dançarino do Nô






!










(de) olhos cobertos


(de) as



as
as
as
as



as

a


s






.










































Primeiro Hino Delphico para Apolo reelaborado pelo Atrium Musicae de Madrid:


http://rapidshare.com/files/398143364/03_Premier_Hymne_Delphique____Apollon.m4a

Ouça a pronúncia das palavras gregas - atenção para o desenvolvimento rítimico e harmônico, os gregos AINDA são novidade sonora: atente para o som das palavras além dos instrumentos.
Que Apolo nos dê a graça de estarmos curiosos, sempre!
dzê...
ii jo des.... +)




2 comentários:

Lunetta disse...

Teu espaço é singular a tudo que vejo.. joia rara..
rara(mente)
mente(rara)

Marcos Tamamati disse...

Rapaz, obrigado mesmo! rs

Vindo dum poeta como vc, como venho seguindo em seu blog, fico realmente contente com o elogio!

Valeu!