sexta-feira, 16 de julho de 2010

XX - Mosteiro




Postar um comentário em: "UNSUI"


"XX"

3 Comentários - Mostrar postagem originalRecolher comentários

Blogger Marcos Tamamati disse...

Deixe um comentário, habitante do vazio, algo como:

"Afinal de contas, o que está sendo feito aqui não é apenas poesia concreta?"

Obrigado.

26 de março de 2010 12:48

Excluir
Blogger Leigo Zé Cuéca disse...






O público ao poeta:

Não lhe emprestam uma

Só fresta. Somente

Trégua se entre treva

Vagabundeando

Segue(Ah! sem fim o

Horizonte!Que

Nada perturbe a

brisa!)Bússola

sempre incerta.







4 meses... Quando forem 40 anos (400 é só pra alguém realmente digno, heim! - mantenha a merda da bola baixa, seu porrinha!) lhe renderei verdadeira homenagem, seu sortudo!

Vou pegar tudo e transforma num novo post. Afinal, isso tb é um blog e se escreve sobre o dia a dia da coisa-texto aqui.
E alguns realmente acham q é td só o novo pelo novo, rs - esqueceram da verdadeira (e)motivação; ninguém se diverte mais.

Makakasho, talvez, até acenaria a unhinha do pé.

Tenha um bom dia e um bom final de semana.

16 de julho de 2010 02:39

Excluir
Blogger Marcos Tamamati disse...

Gracias, Cuéca!

16 de julho de 2010 02:45








Excluir

Nenhum comentário: